Presenteando experiências

Não é novidade para quem se interessa por bem estar, equilibrio e felicidade as constatações que as experiências trazem mais felicidades que os bens materiais. Mas, na hora de presentear, a gente acaba voltando para os produtos. Isso me incomoda principalmente em relação às crianças. Todo dia é uma festinha e a gente tanto oferta como recebe para os nossos uma infinidade de “cacarecos” que só fazem encher a casa com mais do mesmo. Mais bagunça, pouco prazer agregado, e um sentimento de injustiça com todas as crianças que não ganham...

Continuar lendo

E no final, o que conta?

A gente passa a vida sem muita reflexão, fazendo coisas mesquinhas, mas, no fim, o que conta são as emoções positivas, certo? Ah, mas não é assim para todo mundo. Tem gente que é essencialmente ruim, que tem maldade no coração. As tais emoções positivas não são importantes para todos. Certo? Foi publicado ontem, no Scientific American  um artigo relatando um estudo feito com 534 prisioneiros sentenciados com pena de morte e executados no estado do Texas entre 1982 e 2016. Dos 534, 417 optaram por fazer uma declaração final. Estas...

Continuar lendo

Gratidão do dia

Já que está difícil de desenferrujar e começar a escrever todos os dias, eu trouxe para cá um pedaço de uma das minhas iniciativas para me tornar mais feliz. Ddepois falo mais sobre ela, mas, resumindo, trata-se de parar todos os dias para refletir e identificar coisas no seu dia pelas quais você é grato. Continuo fazendo meu exercício no meu app, em particular, mas queria escolher uma das coisas para trazer para cá, e escrever um pouco mais. Ontem à tarde eu recebi um vídeo pelo celular da moça que...

Continuar lendo

Minha primeira corrida

Correr minha primeira prova de 5k foi uma experiência transformadora. Eu aprendi coisas que eu jamais poderia antecipar. E o que se aprende na prática tem um poder transformador muito maior do que o que se aprende nos livros. Aprendi muito sobre a importância de se estabelecer um objetivo e um prazo. Se eu não tivesse marcado uma data, pago e me comprometido com várias pessoas, eu ainda estaria aqui me preparando para quem sabe um dia correr. Uma semana antes da prova, ao treinar, eu seria capaz de jurar que...

Continuar lendo

Aprendendo a amar o trânsito

  Aprender a amar o trânsito pode ser uma lição de aprender a viver. Qualquer um que more nas grandes cidades deve estar achando que isto é um título marketeiro, mas não. Trata-se de uma conclusão a que eu cheguei a partir de três reflexões diferentes. Um dos mais importantes conceitos que aprendi sobre a felicidade é que ela não pode ser um fim a ser alcançado. Esta idéia ficou tão importante para mim que a adotei como uma espécie de mantra. Quando criei uma página no facebook para discutir a...

Continuar lendo