Gratidão do dia – o frio

FRIO2Neste dia de frio recorde por aqui, é fácil ser grato. Sou grata pela minha chaleira que está agora na minha frente, cheia de chá de laranja com gengibre quentinho. Sou grata pelas minhas roupas quentinhas. Pelo aquecedor do meu carro. Sou grata por ter posto as crianças para dormir já com o uniforme da escola e com pijama de fleece por cima, para eles não sentirem o choque térmico hoje cedo. Sou grata até pela pequena ter tido a oportunidade de ver a geada e conhecer um novo fenômeno da natureza!

Sou grata por ter aquecedor nos quartos e banheiros. Sou grata por ter tido a oportunidade ontem de aquecer o banheiro antes do banho deles, e de ter pego cada um do chuveiro, embrulhado e deitado em uma pilha de toalhas, e vestido um a um com todas essas roupas e meia, e eles não terem tido tempo de sentir o choque da saída do banho ontem. Sou grata por esta onda maior de frio ter acontecido no fim de semana, em que levantamos mais tarde, ficamos mais em casa, e eu pude pessoalmente cuidar deles mais de perto, e dar para cada um um lanchinho de chocolate quente e bolachas no sábado a tarde.

Sou grata por ter pensado, ao ver que viria a onda de frio, em doar cobertores e casacos e leite para o pessoal que trabalha para a gente. Sou grata por ser tão privilegiada e por ter a consciência disso!