Como ser MAIS feliz?

Há alguns anos eu venho estudando sobre a felicidade. Aprendi muito, mudei completamente a vida e me apaixonei pelo assunto – tanto que resolvi começar a escrever sobre.

E, já que é para dividir os achados, resolvi fazer uma volta ao básico. Tanto aos primeiros textos que li sobre o assunto, como aos autores que deram origem aos estudos recentes sobre a felicidade.

Tal Ben-Shahar é um dos “pais”da Psicologia Positiva, e o professor do famoso “curso mais popular de Harvard”.

Em seu livro “Happier”, ele descreve a Psicologia Positiva como “o estudo científico do Funcionamento Humano Ótimo”. Ou, do aprimoramento da qualidade de vida.

A palavra chave aqui é APRIMORAMENTO. Ele se pergunta: “como eu estabeleço se sou ou não feliz?”. E critica: esta é uma pergunta que sugere um approach binário – que coloca a felicidade como um fim, como um ponto definido.

Faz mais sentido, para ele, se fazer a pergunta: como eu posso me tornar MAIS FELIZ?

Todo mundo pode sempre ser mais feliz. A felicidade não é um ponto estático, bem definido.

A BUSCA DA FELICIDADE DEVE SER VISTA COMO UM PROCESSO.