Como é difícil escrever!

Você tem vontade de escrever, mas acha difícil? Eu também! Como eu disse na semana passada, eu sempre fui apaixonada pela leitura. Desde pequena, leio tudo o que me cai nas mãos. Adoro ficção, não ficção, revistas, teses, notícias, tudo. E, acho que quase que como consequência natural, sempre tive vontade de escrever. Mas sofro algum tipo de bloqueio quando vejo uma página em branco. As idéias não vêm, o lado crítico aflora, nada sai. Este ano, resolvi enfrentar meus medos, meus receios, meus fantasmas, sei lá como mais batizar ou...

Continuar lendo

O meu projeto felicidade

Em 2010 teve início uma fase bastante complicada da minha vida. Um aborto, problemas de saúde meus e de meus filhos, problemas domésticos e problemas com trabalho. Uns depois dos outros, em alguns momentos uns se sobrepondo a outros. Eu, que já tinha tido crises depressivas, tenho insônia crônica e sou muito crítica e exigente comigo mesma, tive bastante dificuldade em processar todos esses episódios. Felizmente, junto com essas características que agravaram minhas crises, eu tenho outras que me ajudaram. Uma curiosidade inata e uma paixão por pesquisar e ler. Me...

Continuar lendo

As promessas de ano novo

A iminência do começo de um novo ano sempre provoca reflexões. É a hora que muitas pessoas param para fazer um balanço do que fizeram no ano que se encerra e de fazer promessas para o novo ano. A maior parte delas é esquecida ou abandonada antes do fim de janeiro, entretanto. Porque? Acredito que um dos motivos é porque elas são muito amplas, vagas, ambiciosas. As pessoas pensam em um ideal distante e que implicam em mudanças muito radicais, que tornam a prática muito difícil. Coisas como “perder dez quilos”,...

Continuar lendo